30 de junho de 2011

Sabe aquela coragem que me faltava quando você me atacava com suas más palavras, não só me magoando, mas machucando o meu coração?
É ela que me fez o tão forte que sou agora, para que enfim pudesse lhe dizer:


-Ya no te quiero, Ya No! Ya No!


Nenhum comentário:

Postar um comentário